Views
11 months ago

Abril de 2018

  • Text
  • Rover
  • Carro
  • Primeiro
  • Rovers
  • Anos
  • Mundo
  • Motor
  • Primeira
  • Aventura
  • Jaguar
Viagem no tempo ao Nascimento do primeiro Land Rover | Como a Land Rover conduziu aventuras e explorações científica ao longo dos anos | O Editor da GQ Dylan Jones discute o tema “inspiração” como Diretor de Design Gerry McGovern | Explorando o potencial de impacto da eletrificação e dos veículos | Conquistando os 999 degraus até o topo do Heaven’s Gate, na China

Ho-Pin Tung é filho

Ho-Pin Tung é filho de chineses e nasceu na Holanda. Em 2017, tornou-se o primeiro piloto chinês a se sair vitorioso nas 24 Horas de Le Mans. Também é corredor da Jaguar Racing no campeonato da Fórmula E. O DESAFIO: GUIAR PELAS 99 CURVAS D A E S T R A D A DO “DRAGÃO”, NAS ENCOSTAS DA MONTANHA TIANMEN... UM DEGRAU ACIMA A escadaria em si é uma construção relativamente nova, e não um monumento antigo, por isso Phil Jones e equipe acharam que seria possível levar a ideia adiante. “Primeiro, mandamos um colega local até o lugar para medir os ângulos e nos enviar os dados. Com base nisso e numa seleção de imagens de satélite, construímos um trecho da escadaria em nossa área de testes em Gaydon, no Reino Unido, para vermos como o veículo se sairia numa inclinação de 45 graus.” A equipe escolheu deliberadamente o P400e, que combina um motor elétrico de 85 kW com um motor convencional de 2,0 litros, alternando de forma inteligente entre os dois modos. A potência elétrica, por exemplo, oferece torque instantâneo, o que seria útil para acelerar na saída das curvas fechadas do Dragão e vital em proporcionar a tração necessária para escalar todos os 999 degraus. Após os testes iniciais em Gaydon e um prazo de muitos meses para obter das autoridades locais as permissões exigidas para realizar o desafio, Jones voou até a China para ver o local pessoalmente. “Foi aí que comecei a ter dúvidas”, diz ele. “Da primeira vez que parei na base e olhei para a Porta do Céu lá em cima, meu primeiro pensamento foi: ‘Em que encrenca eu fui me meter?’” Contudo, Jones se manteve firme e, depois de fazer cálculos adicionais, voltou à Inglaterra, “não 100% confiante no sucesso, mas seguro o suficiente para prosseguir”. 78

DRAGON CHALLENGE ALTO NÍVEL DE EXIGÊNCIA Antes de se comprometer com o desafio, Ho-Pin pediu uma garantia de que o local não sofreria nenhum dano. “É um lugar simbólico, com fortes vínculos culturais – sendo chinês, esse era um aspecto muito importante para mim. Uma vez liberados, partimos para os treinos.” Com mais de uma década de experiência em corridas, Ho-Pin estava confiante em sua capacidade de enfrentar as 99 curvas do Dragão. Os 999 degraus, por outro lado, eram uma questão completamente diferente. “Da primeira vez que tentei subir a inclinação de 45 graus em Gaydon, meu coração estava batendo mais rápido do que uma volta de qualificação em Le Mans. Você parece estar numa ladeira vertical – só se vê o céu pela frente.” Com base na experiência dos testes iniciais, Phil Jones achou que, como havia mais de 400 degraus em lances com ângulo de 45 graus, era imperativo que se tivesse uma maneira de proteger o veículo em caso de problema. A solução: dois cabos de segurança seriam presos no alto e na base da escadaria com um engate unidirecional, que só se ativaria se o carro começasse a rodar para trás. Concluídos os testes no Reino Unido, a equipe seguiu para a China para realizar os treinos finais no local. Apesar das análises abrangentes em Gaydon, os cabos de segurança ainda tinham de provar sua eficácia nos 999 degraus que conduzem à Porta do Céu, onde quaisquer problemas poderiam se mostrar desastrosos. A responsabilidade de subir um trecho do íngreme aclive pela primeira vez com o Range Rover Sport recaiu sobre Phil Jones. “Na primeira tentativa, não atingi uma velocidade suficiente, mas os cabos de segurança me sustentaram perfeitamente.” Esse fato é reconfortante para Ho-Pin Tung quando ele inicia a subida da estrada do Dragão na manhã do desafio. O povo local teme o Dragão – normalmente, os veteranos motoristas de ônibus de turismo são os únicos que podem percorrer suas curvas sem visibilidade, cercadas de calcário escarpado de um lado e precipícios . . . A N T E S D E E N F R E N T A R O S 9 9 9 DEGRAUS do outro. Mas agora, antes da abertura do parque, a estrada está vazia, e Ho-Pin está em seu ambiente. “Para mim, esta parte é como um circuito de rua. O carro tem uma pegada esportiva e é excelente nas curvas.” Q U E L E V A M À BATENDO NA PORTA D O C É U “PORTA DO CÉU” Depois de 11 quilômetros, ele chega à base dos 999 degraus que levam à Porta do Céu. Agora é que começa o verdadeiro teste. Manobrar o carro ao subir os primeiros lances não é tarefa fácil e requer uma direção precisa. “A liberação instantânea de potência do motor elétrico é perfeita para este trecho”, Ho-Pin explica. Depois, é uma disparada reta até o alto. “Mas é necessário um alto controle do volante. O carro sofre solavancos constantes na escadaria.” Em determinado momento, todas as quatro rodas saem do chão enquanto Ho-Pin acelera para cima. Passados 22 minutos e 41 segundos, Ho-Pin alcança o topo. O Range Rover Sport para, e ele sai do carro: “Estou tomado de um misto de emoção e alívio. A tensão vinha se acumulando neste desafio havia muitos meses – ninguém podia estar 100% certo de como terminaria. Nunca vivenciei 20 minutos de adrenalina como estes.” SAIBA MAIS Para ver o vídeo, busque Land Rover Dragon Challenge RESULTADO: DESAFIO CONCLUÍDO EM 2 2 M I N U T O S E 41 SEGUNDOS P 4 0 0 E : C A PA C I D A D E SURPREENDENTE, EMISSÕES MAIS BAIXAS A nova tecnologia híbrida plug-in (PHEV) da Land Rover une um motor convencional a um motor elétrico e uma bateria de alta tensão, reduzindo as emissões sem comprometer o desempenho. Isso garante uma condução dinâmica, ideal para quebrar recordes, como na Dragon Challenge. Entretanto, as vantagens da motorização P400e no dia a dia vão muito além disso. Ao oferecerem uma autonomia elétrica de até 51 quilômetros, tanto o Range Rover Sport P400e como a versão maior, o Range Rover P400e, são capazes de fazer a maioria dos percursos entre casa e trabalho no modo totalmente elétrico. E uma carga completa leva apenas 7,5 horas numa tomada doméstica. Esse tempo pode ser reduzido a meras 2,75 horas usando-se um ponto de carga público. Como muitas cidades do mundo todo estão trabalhando para reduzir as emissões, os dois veículos são ideais para o cotidiano urbano. Isso vale também para Amsterdã, na Holanda natal de Ho-Pin Tung. Lá, urbanistas e políticos estão atuando para que a metrópole holandesa seja, até 2025, a primeira cidade europeia a ficar totalmente isenta de emissões. Com a tecnologia PHEV já disponível para quem busca uma maneira mais ecológica de se locomover, essa meta parece agora mais próxima do que nunca. NÚMEROS OFICIAIS DA UNIÃO EUROPEIA REFERENTES AO CONSUMO DE COMBUSTÍVEL DO RANGE ROVER SPORT P400e em milhas por galão (l/100 km): Combinado 101 (2.8); Emissões de CO 2 (combinadas) em g/km: 64; Números oficiais de testes da União Europeia. Apenas para fins de comparação. Os números reais podem ser diferentes. Os números de autonomia de veículo elétrico se baseiam num veículo de produção percorrendo uma rota padronizada. A autonomia atingida vai variar conforme a condição do veículo e da bateria, o estilo de condução e a rota e o ambiente reais. 79

 

Land Rover

Revista ONELIFE

 

A revista Onelife da Land Rover traz histórias do mundo todo que celebram a força interior e a motivação para ir além.

A Land Rover sempre significou liberdade de ir a qualquer lugar e a capacidade de fazer qualquer coisa quando se chegar lá. A última edição da revista Onelife saúda este espírito, transportando você ao redor do mundo para celebrar as aventuras que vão do exótico à rotina do dia-a-dia – de uma cidade no Himalaia Indiano onde clássicos Land Rover Série 1 e 2 reinam soberanos, até o incrível County Donegal, na Irlanda, onde o velejador Monty Halls curte sua família à bordo de um Discovery. 

A biblioteca

Outubro de 2018
Abril de 2018
Novembro de 2017
Abril de 2017
Outubro de 2016

Na cidade somos todos pedestres.

Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.