Views
6 months ago

Maio de 2019

  • Text
  • Nova
  • Ainda
  • Apenas
  • Shenzhen
  • Evoque
  • Anos
  • Vida
  • Mundo
  • Cidade
  • Rover
Shenzhen por Range Rover Sport PHEV | Um primeiro passeio no novo Range Rover Evoque | Arquitetura modernista da metade do século na Alemanha | George Bamford conta o que faz verdadeiro luxo | Conheça o moon-walker Charlie Duke | Subcultura de Carnaval no Brasil

P SOBREVIVÊNCIA

P SOBREVIVÊNCIA ENCONTROS COM ANIMAIS SELVAGENS Alan McSmith, um guia de safáris no Parque Nacional Kruger, na África do Sul, protagoniza um vídeo que viralizou nas redes sociais, no qual ele permanece firme quando um elefante adulto avança em sua direção. Nós falamos com ele para saber o que foi preciso para isso. “Não é possível entender a inteligência e a complexidade de um elefante observando de forma superficial. É necessário passar tempo com eles, acompanhá-los a pé. Esse encontro, em particular, foi um tanto atípico. Mas não se trata de enfrentar um elefante seguindo um estilo Rambo de guiar. Eu hesitaria em usar o vídeo em qualquer sentido educacional.” “Foi uma caminhada sem espingardas, o que é bastante incomum. Quando o encontro aconteceu e o elefante se aproximou, não havia roteiro. Não havia storyboard. Você pode observar através da ciência da linguagem corporal: os olhos, a tromba, as orelhas e a cauda, o barulho que ele está fazendo, como ele está se movendo. Então, talvez você possa deduzir o que o animal fará, a julgar pelo que dizem os livros didáticos. No entanto, nunca vi um elefante lendo um livro.” “É um instinto humano querer assumir o controle da situação, sobretudo se você é um guia que está conduzindo clientes. Mas, com os animais selvagens, essa pode ser a coisa errada a fazer, porque sua ideia e seu senso de tempo muitas vezes não batem com os do animal. Então, se você puder deixar esses momentos chegarem ao limite e, talvez, até o ultrapassarem, terá mais chance de neutralizar a situação.” “Você fica firme. Deixa o elefante decidir o que fazer, em vez de sugerir. Nesse encontro, eu não tinha nenhum desfecho previsto. O que o elefante fez, eu aceitei. Ele se moveu para o lado, eu me movi para o lado. Ele avançou, eu retrocedi. Se você vir o vídeo com atenção, é quase uma dança coreografada.” “Esse entendimento intuitivo entre um elefante e um homem neutralizou a situação. Não houve absolutamente nenhum pânico. Mesmo as pessoas que estavam atrás de mim não podiam acreditar como estavam calmas. Esse encontro cruzou a linha entre o lógico e o intuitivo. Às vezes, você tem de derrubar as barreiras – é aí, invariavelmente, que você tem encontros significativos.” Assista ao vídeo em alanmcsmith.weebly.com À esquerda: como você reagiria a um elefante de seis toneladas avançando em sua direção? IMAGENS: YOUTUBE “ALAN MCSMITH ELEPHANT ENCOUNTER1“, SHUTTERSTOCK / KENTOH, SHUTTERSTOCK / FRIMUFILMS Não se aproxime de elefantes a pé ou em um veículo. Viaje sempre com um guia 16

Quando praticamente todos os lugares já foram visitados, o que vem a seguir? Cruze novas fronteiras científicas para dar uma agitada nas coisas. Os kits de autoexame de DNA transformaram as árvores genealógicas em algo bacana, criando uma tendência de viajar em busca das raízes. O turismo de pessoas do Novo Mundo em busca de raízes no Velho Mundo não é novidade, é claro, mas o advento dos kits de autoexame de DNA fáceis de usar – basta uma amostra de saliva – tornou possível para qualquer um descobrir onde estão suas origens e sair em busca do velho país. De acordo com a revista MIT Technology Review, cerca de 12 milhões de pessoas fizeram esses exames até o início de 2018. O exame compara seus CAÇADOR DE TENDÊNCIAS TURISMO GENÉTICO resultados com amostras de bases de dados das populações mundiais contemporâneas, procurando variações genéticas comuns que correspondam ao seu DNA, e lhe apresenta uma probabilidade. É uma questão de porcentagens, não uma resposta “preto no branco”. Atualmente, cerca de 40 empresas oferecem esse serviço e preparam um relatório detalhado das suas cadeias de DNA geográficas, além dos haplogrupos materno e paterno, que são seus caminhos genéticos até ancestrais comuns específicos. Em ciência, não pode haver uma verdade final, mas a emoção da autodescoberta misturada com o desejo de viajar formam um coquetel irresistível. P SEGREDO DE VIAGEM O PARAÍSO DOS ENÓFILOS Imagine só: 112 mil hectares de vinhedos com 30 variedades de uvas, uma tradição vitivinícola de 5 mil anos, a maior adega do mundo, vinhos que foram desfrutados por reis, rainhas e presidentes. Onde? Na paisagem rural ondulada de Codru, Ştefan-Vodă e Valul lui Traian, na Moldávia: um terroir adequado para a produção de tintos, espumantes e aguardentes de alta qualidade. E o lugar tem pedigree: o Negru de Purcari conquistou medalha de ouro na Exposição Universal de 1878, em Paris, e tornouse um dos favoritos dos czares russos. Parada imperdível: a vinícola Cricova com a tal maior adega do mundo. “O labirinto de adegas subterrâneas de calcário é maior do que todas as adegas da Champagne”, revela o enólogo norte-americano Christy Canterbury, que detém o título de Master of Wine. “Eles têm semáforos e placas de rua lá embaixo.” À parte a escala epicamente soviética de produção industrial de vinho, é a qualidade pura e simples dos vinhos da Moldávia que impressiona os não iniciados; as adegas de Cricova e de outras localidades envelhecem vinhos locais para inúmeros dignitários e celebridades internacionais. As melhores opções? Devido à tradição local de fermentação natural dentro da garrafa (método Champagne), todo espumante moldavo é envelhecido por nove meses, no mínimo, chegando até a cinco anos. Hora de fazer um brinde. wineofmoldova.com 17

 

Land Rover

Revista ONELIFE

 

A revista Onelife da Land Rover traz histórias do mundo todo que celebram a força interior e a motivação para ir além.

Os veículos da Land Rover vão above and beyond, para lhe ajudar a aproveitar ao máximo o seu mundo. A última edição da Onelife oferece essa filosofia para sua sala de estar com narrativa evocativa e fotografia impressionante. Experimente uma rica variedade de perspectivas de todo o mundo: de eco-inovadores na China aos testes em estradas na Grécia e arquitetura modernista na Alemanha.

A biblioteca

Maio de 2019
Outubro de 2018
Abril de 2018
Novembro de 2017
Abril de 2017
Outubro de 2016

Na cidade somos todos pedestres.

Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.