Views
11 months ago

Outubro de 2016

  • Text
  • Rover
  • Jaguar
  • Anos
  • Carro
  • Equipe
  • Apenas
  • Forma
  • Sempre
  • Tudo
  • Ainda
Unboxing do Discovery totalmente novo | Um retrato de Ben Ainslie, a lenda da vela | Veja o futuro da mobilidade e do transporte | Será que Copenhague é o lugar mais legal do mundo?

“ A IDEIA ERA FAZER 25

“ A IDEIA ERA FAZER 25 VEÍCULOS. FORAM VENDIDOS EM UMA SEMANA” MIKE BISHOP 66

CAÇA AO TESOURO PASSO 3: ESPECIFICAÇÕES Andy Armstrong, Engenheiro de Construção “Estamos montando um carro à mão a cada 10-12 semanas e cada cliente pode escolher várias opções durante o processo. Mantemos as especificações mecânicas originais, mas os clientes podem escolher entre capota rígida ou de lona, direção à esquerda ou à direita, chassis de 80” ou 86”, o revestimento dos assentos e até a rara carroçaria verde clara. Para preservar a história única de cada veículo, os painéis são repintados pela oficina aprovada Land Rover Classic em uma das cinco cores originais da época. Além do Light Green, há o Bronze Green, o Royal Air Force Blue, o Dove Grey e o Poppy Red. Se existirem detalhes específicos como um emblema em latão ou uma inscrição na porta que conte a história do veículo, tentamos preservá-los para o cliente”. “Esta não é uma unidade de produção. É uma unidade de restauração”, explica o engenheiro de construção Andy Armstrong. “Cada carro é diferente e exige peças diferentes para ser renovado. O Carro Um levou de dois a três meses para ser restaurado”. O Carro Um, o primeiro veículo para clientes que foi concluído, é outra descoberta australiana. No passado, foi originalmente despachado em partes de Solihull até Brisbane, onde foi montando pela empresa Annand & Thompson, cujo emblema em latão ainda está no painel de instrumentos. Depois, foi vendido a um agricultor de Hughenden, em pleno Outback. Mike mostra o painel da porta original com os nomes da cidade e do agricultor ainda claramente visíveis. “Permanecemos fiéis à história individual de cada veículo”, explica. “Neste carro, estamos colocando os rebites da mesma forma como faziam em Brisbane quando ele foi inicialmente montado, que era contrária à forma como eram instalados em Solihull”. PRECISÃO EM TODOS OS DETALHES Todo o processo é um trabalho de detetive e de um detalhe meticuloso. Os produtos finais mantêm tantas peças originais quanto possível, incluindo motores removidos e reconstruídos pelo Departamento de Grupos Motopropulsores da Land Rover, oferecendo garantia de 12 meses ou 19 000 quilômetros aos seus proprietários. “Os nossos clientes são líderes nas suas áreas”, diz Mike. “Eles são ocupados e difíceis de entrar em contato por telefone, mas quando falamos com eles, as suas histórias estão em sintonia com a nossa. É uma questão de conexão: crescer em uma fazenda, aprender a dirigir e talvez sair de férias em um veículo desses. Muitos dos nossos clientes levam vidas tão ocupadas que não têm tempo para procurar o mercado de restauração. Agora podem vir à Land Rover. Tiramos isso do papel e fazemos isso por eles”. É isto que torna o projeto Land Rover Reborn tão especial. Na verdade, já existe uma dinâmica indústria artesanal de restauro do Série I. Qual é a contribuição que a Jaguar Land Rover pode oferecer ao mercado? A resposta está nos projetos originais. “Podemos provar categoricamente a forma como os veículos originais eram construídos e acabados”, diz Mike, debruçando-se sobre papéis antigos. “Vamos aos arquivos de engenharia para recuperá-los. É a vantagem de nossa equipe fazer a restauração. Nós detemos esse conhecimento. Afinal, trata-se da nossa própria propriedade intelectual e isso significa que podemos fazer um melhor restauro ao detalhe”. Essas informações também significam que a equipe da oficina pode encomendar peças novas de acordo com a especificação original. “Graças aos projetos originais, temos conseguido voltar a por as peças do Série I em produção na ferramentaria”, conta Mike. “Eles conseguem fazer uma peça com as especificações exatas que foram aprovadas na década de 1950”. É este nível de detalhe e autenticidade que permite a estes Série I renascidos terem preços entre 60-80 000 libras. Mas a razão por que causam este entusiasmo é porque, de fato, eles foram revolucionários. “Os degraus que faziam em 1947 e 1948 ainda estão presentes no Range Rover contemporâneo”, diz Mike. “Estabeleceram um modelo para toda a indústria, que tem sido sempre seguido desde então”. Erguendo-se orgulhosamente na oficina Reborn, pronto para ser apresentado ao seu novo dono, está o Carro Um. Este Série I viajou do Outback na Austrália de volta a Solihull e agora está pronto para recomeçar de onde partiu. “Apesar de um pouco batido, a integridade do veículo estava lá”, diz Mike com carinho. “Conseguimos trazê-lo para casa e preservar essa integridade”. SAIBA MAIS Leia outras informações sobre o projeto Land Rover Reborn na página landrover.com/reborn Acima: Andy Armstrong, Engenheiro de Construção do Land Rover Reborn sentado confortavelmente no Carro Um 67

 

Land Rover

Revista ONELIFE

 

A revista Onelife da Land Rover traz histórias do mundo todo que celebram a força interior e a motivação para ir além.

A Land Rover sempre significou liberdade de ir a qualquer lugar e a capacidade de fazer qualquer coisa quando se chegar lá. A última edição da revista Onelife saúda este espírito, transportando você ao redor do mundo para celebrar as aventuras que vão do exótico à rotina do dia-a-dia – de uma cidade no Himalaia Indiano onde clássicos Land Rover Série 1 e 2 reinam soberanos, até o incrível County Donegal, na Irlanda, onde o velejador Monty Halls curte sua família à bordo de um Discovery. 

A biblioteca

Outubro de 2018
Abril de 2018
Novembro de 2017
Abril de 2017
Outubro de 2016

Na cidade somos todos pedestres.

Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.