Views
2 years ago

Outubro de 2016

  • Text
  • Rover
  • Jaguar
  • Anos
  • Carro
  • Equipe
  • Apenas
  • Forma
  • Sempre
  • Tudo
  • Ainda
Unboxing do Discovery totalmente novo | Um retrato de Ben Ainslie, a lenda da vela | Veja o futuro da mobilidade e do transporte | Será que Copenhague é o lugar mais legal do mundo?

UMA NOVA COPENHAGUE

UMA NOVA COPENHAGUE Acima: Ponte para pedestres Inderhavnsbroen foi aberta ao público em julho de 2016. O seu objetivo principal é ligar o antigo centro da cidade aos diques em rápido desenvolvimento de Christianshavn. Quando o arquiteto Dan Stubbergaard começou a trabalhar na sua perspectiva para Nordhavnen – um enorme projeto de desenvolvimento urbano na marginal norte de Copenhague – sabia que tinha de ser excepcional. O projeto era considerado decisivo para o futuro da cidade, cujo centro necessitava desesperadamente de mais espaço comercial e residencial. Para resolver o problema, a cidade definiu uma visão de um bairro totalmente novo no porto pós-industrial, com casas para 40 000 habitantes, novas linhas de metrô e espaços de trabalho para mais 40 000 pessoas. Um concurso foi aberto. Depois de analisar quase 400 propostas, a cidade escolheu Stubbergaard e o seu ateliê COBE para a tarefa. “Foi um grande momento”, diz Stubbergaard. “Sabia que isto iria mudar a cidade para sempre, por isso eu queria que fosse brilhante. Tínhamos que mostrar que percebíamos o caminho que a cidade iria tomar. Precisávamos de algo que refletisse a alma da cidade”. A visão vencedora do COBE para a nova zona da cidade foi um plano ambicioso de aproveitar ao máximo o elemento onipresente na paisagem de Copenhague: a água. O ateliê propôs uma série de ilhas artificiais, cada uma com as suas características e sabores próprios. Seriam ligadas por ciclovias, pontes exclusivas para pedestres e um sistema de canais cuidadosamente planejado, sendo cada ilhota dotada de parques públicos, zonas verdes e praças. Grande parte do projeto de quatro milhões de metros quadrados seria ocupada por piscinas portuárias e praias artificiais. “A nossa visão foi uma espécie de Veneza do Norte”, diz Stubbergaard. “Nós, os dinamarqueses, vivemos sempre junto à água, como pescadores, marinheiros, aventureiros. Hoje, utilizamos o mar para o lazer. Por isso, que forma melhor de voltar a oferecer algo belo à cidade do que trabalhar com a água?” O projeto tornou-se um símbolo de uma “Nova Copenhague”, uma cidade que vem se estabelecendo como hotspot para tudo o que é criativo e sofisticado, fundamentada por uma grande tradição de design e uma obsessão pela perfeição. É uma transformação impulsionada, em parte, por uma economia em expansão, mas especificamente por uma nova geração de jovens criadores e empresários, determinados em reinventar a capital dinamarquesa à luz da sua própria e elegante imagem. As pessoas gostam de Stubbergaard e das suas ilhotas urbanas. DA PEQUENA SEREIA À COPENCABANA Basta percorrer uma pequena distância em Copenhague para ter uma noção de como a cidade vem mudando radicalmente. Os turistas ainda passeiam nos canais a partir da icônica marginal de Nyhavn, depois do palácio real de Amalienborg e na direção da Pequena Sereia de Langelinie, ao sul do Nordhavnen. Mas esse passeio é muito diferente do que era. Salpicada entre antigos diques, estátuas de cobre verde e edifícios do séc. XVII, encontra-se agora uma arquitetura moderna internacionalmente reconhecida como o Teatro Real, a Ópera Real e a Biblioteca Real/Edifício Diamante Negro. Um novo 70

UMA NOVA COPENHAGUE O ARQUITETO DAN STUBBERGAARD Dan Stubbergaard (42) é arquiteto e urbanista, antigo colaborador do famoso arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels. Dan é o fundador do COBE, uma comunidade progressista de arquitetos responsável por alguns dos maiores projetos de desenvolvimento urbano em Copenhague. Stubbergaard formou-se na Real Academia das Belas Artes da Dinamarca em 2001 e vive em Copenhague com a namorada e dois filhos. LOCAL PREFERIDO “Gosto de passear no cemitério-parque Assistens. É um local com muita história e incrivelmente bonito. No meu trabalho, muitas vezes analiso a relação entre espaços verdes e a cidade, por isso o Assistens tem um lugar especial no meu coração”. MELHOR DICA “Recomendo a todos um passeio de exploração urbana na ilha de Refshaleøen. Lá tem muita coisa emocionante acontecendo, pessoas construindo foguetes, pequenos ateliês, skatistas... É a melhor forma de experimentar a sensação de tudo o que está acontecendo na cidade no momento”. cobe.dk conjunto de pontes liga o continente a bairros fabris e ilhotas portuárias anteriormente isolados, transformando-os em pontos de encontro para banhistas e exploradores. A mais popular é a Ilha do Papel, uma antiga instalação de armazenamento da indústria dos jornais dinamarquesa, que foi transformada num mercado gastronômico de rua e num polo criativo. Um pouco mais ao “PRECISAMOS sul, tropeçamos nas Ilhas Brygge, uma DE ALGO QUE nova área residencial com complexos de apartamentos avant-garde sobre os REFLITA A ALMA canais e uma nova piscina pública, que os bem-humorados copenhaguenses DA CIDADE " apelidarem de “Copencabana”. No DAN STUBBERGAARD centro da cidade e nos bairros adjacentes, as praças centrais coloridas e os parques multiplicam-se da noite para o dia. Na zona leste e nordeste, polos fabris desoladores estão florescendo com bares de praia, concertos, oficinas de design e restaurantes com estrelas Michelin. No entanto, tudo parece ter o seu espaço. Como manifestação do talento criativo que impulsiona a cidade, a Copenhague contemporânea é impecável, sofisticada e genuinamente discreta. A RE-REVOLUÇÃO “Copenhague é uma combinação estranha entre algo verdadeiramente minimalista e sutil e algo muito emocionante e dinâmico. Para qualquer lado para onde se olhe, temos a sensação de que qualquer coisa está 71

 

Land Rover

Revista LAND ROVER

 

As histórias das mostras da revista Land Rover do mundo todo que celebram a força interna e a inspiração para ir acima e além

A Land Rover não só tem os veículos superiores mais capacitados, mas também um estado de espírito onde um senso de curiosidade, de exploração e de admiração está presente em todas as aventuras da vida. Descubra isso na mais recente edição da Revista Land Rover, desde conhecer um grupo de sobreviventes da Era do Gelo na costa holandesa com o Land Rover Discovery, até a arquitetura sustentável mais inovadora em uma viagem californiana com o Range Rover Evoque.

A biblioteca

Janeiro de 2020
Maio de 2019
Outubro de 2018
Abril de 2018
Novembro de 2017
Abril de 2017
Outubro de 2016

Na cidade somos todos pedestres.

Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.