Views
2 weeks ago

Outubro de 2018

  • Text
  • Rover
  • Anos
  • Carro
  • Rovers
  • Mundo
  • Estrada
  • Cape
  • Lugar
  • Epic
  • Cidade
Compartilhe da paixão por Land Rovers de uma comunidade localizada nas remotas montanhas da índia | Experimente a emoção de dirigir um Range Rover Velar em um lago congelado | Explore o incrível Donegal Irlandês com o velejador Monty Halls e sua família | Sinta-se como uma criança “brincando” nos obstáculos do Above & Beyond Tour | Descubra porque o Range Rover PHEV impressionou o escalador Jimmy Chin | Conheça o mais forte dos Defenders: o Defender Classic Works V8 Special

CORRIDA DE MOUNTAIN BIKE

CORRIDA DE MOUNTAIN BIKE CAPE EPIC ONDE OS FRACOS NÃO TÊM VEZ Os participantes da Absa Cape Epic – de amadores ambiciosos a profissionais de nível internacional – vêm de todas as partes o mundo para competir em duplas, percorrendo uma distância de mais de 650 quilômetros dividida em sete etapas e oito dias. Algumas etapas incluem subidas de mais de dois mil metros. Os ciclistas costumam treinar até 12 horas por semana durante seis meses antes da corrida. 50

As capacidades dos veículos Land Rover são postas à prova todos os anos na Cape Epic, garantindo que os competidores encarem algumas das rotas mais difíceis e desafiadoras do planeta. “O terreno muda, as fazendas são vendidas, são estabelecidos limites entre as fazendas. É um alvo móvel porque você tem uma seca, um incêndio ou uma inundação no rio e precisa ficar alterando a rota durante os 18 meses de preparação.” De fato, quando se trata da tarefa enormemente complexa de explorar o trajeto da corrida, a frota de Land Rovers ultracapazes da Cape Epic desempenha um papel crucial. “Nós simplesmente não conseguiríamos sem o apoio da Land Rover, porque temos que monitorar todos os meses o estado do percurso do ano seguinte. Para isso, precisamos de veículos de exploração altamente capazes e, sobretudo, confiáveis", diz Vermaak, sem dúvida pensando na futura Cape Epic de 2019 e em sua rota talvez inédita. Ele e seus exploradores, todos equipados com Land Rovers, estão prontos para mais um ano agitado. A corrida deste ano – a 15ª Cape Epic e a terceira com a Land Rover como parceira de rotas e fornecedora oficial de veículos – começou com um prólogo de 20 km na emblemática Montanha da Mesa, seguido por sete etapas fatigantes que passaram pelas cidades de Robertson, Worcester e Wellington antes de terminarem na bela propriedade Val de Vie, no Vale Paarl-Franschhoek. A expectativa de quem passaria oito dias sobre o selim era enfrentar um percurso de mais de 100 km em quatro dias seguidos, bem como um contrarrelógio na quinta etapa e uma etapa final que levou os exaustos ciclistas de Wellington até Val de Vie por um exigente trecho de 70 km com ascensão de dois mil metros. Os organizadores da corrida Cape Epic asseguraram que as tão valorizadas medalhas entregues a quem a finaliza não fossem fáceis de ganhar. Portanto, não é de surpreender que somente 84% dos ciclistas tenham conseguido cruzar a linha de chegada este ano. “É um percurso muito intenso”, “VOCÊ LITERALMENTE diz Mike Nixon, de 59 anos, exmontanhista e integrante da equipe TEM QUE LUTAR A oficial da própria Land Rover na Cape CADA PEDALADA Epic, a qual participa de diversas categorias com 12 homens. Nixon é NESSAS SUBIDAS.” um dos quatro atletas que concluíram MIKE NIXON a Cape Epic todas as 15 vezes (grupo conhecido como Últimos Leões), então sabe do que está falando. “A quarta etapa – o trecho Land Rover Technical Terrain – foi, de longe, a mais difícil da Epic deste ano. As trilhas de pista única que subiam o trecho do Goudini Spa eram incrivelmente secas, rochosas e arenosas. Você literalmente tinha que lutar a cada pedalada nessas subidas.” Quanto à equipe da Land Rover, todos os 12 ciclistas conseguiram cruzar a linha de chegada este ano. Mike Nixon chegou na 252ª posição geral com sua dupla, Jasper van Dijk, enquanto Gary Kirsten – ex-rebatedor da equipe sul-africana de críquete e verdadeira lenda desse esporte – e sua dupla, Roddy van Breda, terminaram em 87º lugar na categoria Masters, de pessoas de mais de 40 anos. E Carlos Spencer, herói do All Blacks, junto com Clinton Mackintosh, terminou em 98º na categoria Masters. “Foram oito dias realmente incríveis”, diz Gary Kirsten, que comandou a equipe da Land Rover, além de competir por ela. “Foi uma honra liderar este grupo de pessoas sob a bandeira Land Rover. Apenas terminar esta corrida extenuante já é uma façanha.” Ao que parece, Carlos Spencer estava mesmo certo. PEDALE! A corrida do ano que vem acontecerá de 17 a 24 de março. Para mais informações sobre a Absa Cape Epic, visite cape-epic.com 51

 

Land Rover

Revista ONELIFE

 

A revista Onelife da Land Rover traz histórias do mundo todo que celebram a força interior e a motivação para ir além.

A Land Rover sempre significou liberdade de ir a qualquer lugar e a capacidade de fazer qualquer coisa quando se chegar lá. A última edição da revista Onelife saúda este espírito, transportando você ao redor do mundo para celebrar as aventuras que vão do exótico à rotina do dia-a-dia – de uma cidade no Himalaia Indiano onde clássicos Land Rover Série 1 e 2 reinam soberanos, até o incrível County Donegal, na Irlanda, onde o velejador Monty Halls curte sua família à bordo de um Discovery. 

A biblioteca

Outubro de 2018
Abril de 2018
Novembro de 2017
Abril de 2017
Outubro de 2016

Na cidade somos todos pedestres.

Jaguar Land Rover Limited: Registered office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF. Registered in England No: 1672070

Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.